Esplanada
Exame
Em 2015
Catu
Sem multa
Sindicato dos Servidores Públicos de Esplanada realiza assembleia na tarde desta terça-feira Sindicato dos Servidores Públicos de Esplanada realiza assembleia na tarde desta terça-feira
Assembleia
Sindicato dos Servidores Públicos de Esplanada realiza assembleia na tarde desta terça-feira
Publicado em 11/06/13
Reportar erro

Pouco mais de 30 servidores participaram da assembleia realizada pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Esplanada - Sindserme, na tarde desta terça-feira (11/06), no salão da Igreja Matriz.

Mais uma vez, falou-se sobre a postura do gestor perante os novos dirigentes e sobre a legalidade da eleição que culminou na nova diretoria.
Durante a assembleia, foi feita a leitura do documento contendo as 19 reivindicações dos servidores, focalizando na questão do reajuste salarial.



O clima ficou tenso quando Lúcio Mauro Amorim representando a categoria da saúde, falou dos 30% de salubridade, além da possibilidade de vir uma fiscalização e cortar alguns benefícios da categoria. Nesse ínterim, o ex diretor do sindserme Rui Barbosa, baseado no estatuto do Sindicato, disse que como Lúcio Mauro tem cargo comissionado, não possui direito algum a ter voz no sindicato.

Lúcio que atualmente é diretor de Trânsito, rebateu dizendo que independentemente de política, se preocupa com os servidores e no final fora parabenizado pela coragem em se pronunciar.
A diretoria do Sindicato, falou da importância da participação dos servidores na próxima sessão da Câmara, onde haverá a segunda votação sobre o reajuste salarial.
Na próxima terça feira (18), o portal estará entrevistando o advogado do Sindserme que irá prestar maiores esclarecimentos sobre a legitimidade da diretoria do Sindicato.

Por Manuela Chagas/Esplanada News, sempre informando!



Comentários
AVISO: Os comentários exibidos acima não representam a opinião deste site, a responsabilidade é do autor da mensagem. Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Comentários anônimos (perfis falsos ou não) ou que firam leis, princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas podem ser excluídos caso haja denúncia ou sejam detectados pelo site.