18:08
Polícia Polícia

Munições e serras são arremessadas para presídio onde está um dos traficantes mais perigosos da Bahia

Ainda de acordo com policiais, o material foi jogado para a Ala "B", local onde está custodiado o acusado de tráfico e homicídios conhecido como "Cláudio Campanha"

09/11/2020 19h59
527
Por: Redação Enews Fonte: Bocão News
IMAGEM: REPRODUÇÃO
IMAGEM: REPRODUÇÃO

Munições calibre 45 e serras foram arremessadas por cima do muro da Colônia Penal Lafayete Coutinho, no bairro de Cajazeiras 6, em Salvador, neste domingo (8). Todo o material foi interceptado por policiais penais da penitenciária. 

De acordo com os policiais penais, os agentes que apreenderam o material ainda realizaram rondas na região para prender os autores do arremesso, contudo, ninguém foi preso. 

Ainda de acordo com policiais, o material foi jogado para a Ala "B", local onde está custodiado o acusado de tráfico e homicídios conhecido como "Cláudio Campanha", líder de uma das maiores organizações criminosas que atua na Bahia.

Quem é Cláudio Campanha 

Apontado pela polícia como um dos traficantes mais perigosos do Estado, o fundador da facção Comando da Paz (CP), Cláudio Campanha, recebeu um benefício da Justiça baiana e vai cumprir o restante da pena em regime semiaberto. A decisão é da Vara de Execuções Penais de Lauro de Freitas. Com isso, o criminoso será transferido para a Colônia Penal Lafayete Coutinho.

Campanha assumiu o comando da facção CP em 2005, após a morte do traficante Pitty. Ele é apontado como autor e mandante de mais de 100 homicídios em Salvador, além de tráfico de drogas. Campanha foi preso no Ceará em 2008 e chegou a ficar detido em uma penitenciária de segurança máxima no Mato Grosso do Sul em 2009, quando foi acusado de mandar incendiar cerca de 10 módulos policiais, 14 ônibus, além de outros atentados provocados contra policiais na capital baiana. 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.