Esplanada e região Medidas Coronavírus

Prefeitura de Esplanada fecha pontos de acesso ao município com barro

As imagens da iniciativa da gestão foram divulgadas no inicio da tarde desta segunda-feira (23) nas redes sociais

23/03/2020 14h11 Atualizada há 6 meses
4.743
Por: Redação Enews Fonte: Redação Esplanada News
Barro colocado para impedir entrada e saída de veículos
Barro colocado para impedir entrada e saída de veículos

A prefeitura está iniciando um procedimento de contenção que causou grande polêmica e dividiu opiniões na cidade de Salinas  em Minas gerais, e também ordenou o fechamento de vias de acesso ao município de Esplanada com caçambas de barro. "A ação é uma tentativa de reduzir o fluxo de pessoas e conter a propagação do Novo Coronavírus (COVID-19)." Disse a ASCOM.

Segundo o prefeito Francisco da Cruz, a medida tem o apoio e orientação da polícia militar e dos municípios vizinhos.  "A administração está só querendo proteger a população local devido ao surto de coronavírus. E para isso, o controle de entrada e saída de pessoas serão monitoradas" disse o alcaide. 

Apesar desse tipo de precaução, a cidade não tem nenhum caso suspeito da doença Coronavírus, segundo boletim divulgado pela Secretaria de saúde do Estado.

As imagens da iniciativa da gestão foram divulgadas no inicio da tarde desta segunda-feira (23) nas redes sociais. Caçambas de barro foram jogadas em um dos principais pontos de acesso ao município, nas proximidades de um condomínio popular e contou com a supervisão da GCM. De acordo com apurações, este não será o único local com estes bloqueios, outros pontos de acesso a cidade também serão fechados.

Este tipo de bloqueio no entanto, não foi especificado no decreto publicado pela prefeitura nessa segunda (23). " Serão instaladas barreiras sanitárias nos limites do município de Esplanada, em todos os pontos de acesso da cidade, com vistas a impedir o ingresso de pessoas e transportes não autorizados." diz um dos artigos do decreto.

No mesmo decreto, a prefeitura determinou o fechamento do comércio, com exceção para mercados, postos de combustíveis, distribuidoras de água e gás, entre outras empresas, desde que não haja aglomeração.

Caberá à Vigilância Sanitária e Epidemiológica, coordenação e execução de barreira sanitária, que terá por finalidade o controle de acesso e de situações sintomáticas em pessoas ou cargas que indiquem a possibilidade de propagação da Coronavírus (COVID-19). 

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.