08:46
Bahia Ceia de Natal

Garoto pede ceia de presente de Natal e PM atende ao pedido na Bahia

A mãe dele está desempregada e o pai morreu recentemente

26/12/2020 12h00
693
Por: Redação Enews Fonte: Correio24horas
(Foto: Arquivo CORREIO )
(Foto: Arquivo CORREIO )

Um garoto de 9 anos escreveu uma carta pedindo de presente de Natal uma ceia, em Vitoria da Conquista, no Centro-Sul do estado. A família está passando por dificuldades desde que o pai dele morreu, recentemente, e a mãe está desempregada.

A caligrafia do pequeno Mário, 9 anos, que pedia na cartinha uma ceia natalina para ele e a família chegou às mãos da Polícia Militar no dia 24 de dezembro, véspera do Natal, através da parceria da PM com a TV Sudoeste, e emocionou os integrantes da Patrulha Solidária. 

Carta enviada pelo menino (Foto: Divulgação/ SSP) 

A tenente Maria Alice de Santana coordena a unidade que ficou responsável por realizar o sonho de algumas crianças. A carta de Mário estava no meio de outras muitas cartinhas enviadas pelos pequenos. No bilhete destinado ao bom velhinho, o garoto detalhou a situação. 

“Minha mãe comprou dois reais de pão e um suco para nós comermos. Por favor, me ajuda!” escreveu o menino.

Crianças receberam alimentos e presentes (Foto: Divulgação/ SSP)  

Emocionada, a oficial contou que ao ler o pedido do garoto, ela e os integrantes da unidade se uniram, compraram a ceia em um restaurante, prepararam a cesta básica com alimentos e levaram presentes para o pequeno morador do bairro Cruzeiro.

“Ele vive com a mãe e mais três irmãos nos fundos da casa da avó e assim que chegamos lá ele não acreditou. Dava pra ver o brilho nos olhos. Isso só mostra que o nosso trabalho nos humaniza muito e com certeza essa família terá um Natal ainda mais bonito”, concluiu a tenente.

Em áudio encaminhado pela SSP para a imprensa, o menino agradece pelos presentes e afirma que esse foi o melhor Natal da vida dele.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.