11:32
Política Governador

Rui convida trabalhadores para integrar o GT que busca alternativas ao fechamento da Ford na Bahia

Vítima tinha 77 anos e era aposentada. Segundo o secretário de Meio Ambiente de Irecê, uma mulher também foi atacada e está internada em uma clínica particular.

12/01/2021 13h20
104
Por: Redação Enews Fonte: Bocão News
Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução

Após a Ford anunciar o fim das operações em sua fábrica na Bahia, o governador  Rui Costa (PT) convidou trabalhadores demitidos da empresa que fica no município de Camaçari, na Região Metropilitana de Salvador (RMS), para participar do grupo de trabalho que vai buscar alternativas ao fechamento da empresa.

“Precisamos nos unir e trabalhar com equilíbrio, responsabilidade e celeridade para assegurar a manutenção desses empregos e de toda esta cadeia produtiva na Bahia. Nosso grupo de trabalho será formado por técnicos do Estado, por membros da Federação da Indústria da Bahia e também por representantes do Sindicato dos Metalúrgicos”, afirmou o Costa na chegada a Capim Grosso, onde cumpre agenda nesta terça-feira (12).

Ontem, por meio das redes sociais, Rui Costa lamentou o cenário econômico brasileiro atual, bem como a gestão do governo federal. “A saída da Ford do Brasil significa milhares de desempregados, sendo cerca de 6 mil demissões somente na Bahia. Significa aumento da pobreza em nossa nação. Infelizmente, são centenas de indústrias que vão fechando, semana após semana, já que temos um país que não cuida da sua economia, não garante segurança institucional a seus investidores e não faz as reformas necessárias”, disse o governador em vídeo divulgado nesta segunda. Rui também entrou em contato com a Embaixada Chinesa para sondar possíveis investidores asiáticos com interesse em assumir o negócio na Bahia.

A primeira reunião do grupo de trabalho integrado por membros da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb) e do governo da Bahia acontece na tarde desta terça-feira,(12), em Salvador.  

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.