03:07
Bahia Justiça

Justiça do Trabalho proíbe demissão de funcionários da Ford de Camaçari

Liminar proíbe demissões até que acordo entre trabalhadores e empresa seja encerrado

06/02/2021 12h28
273
Por: Redação Enews Fonte: Correio24horas
imagem: Reprodução
imagem: Reprodução

A Justiça do Trabalho concedeu liminar que suspendendo a demissão coletiva de funcionários da Ford da fábrica de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. A empresa anunciou, em janeiro, fechamento de todas as fábricas no Brasil. A liminar, concedida na noite desta sexta (5), proíbe demissões dos trabalhaodres até que o acordo entre a empresa e os funcionários seja encerrado. As informações são do G1.

O juiz do trabalho Leonardo de Moura Landulfo Jorge, da 3ª Vara do Trabalho de Camaçari, foi o responsáel pela decisão. Ele determina que, durante as negociações e enquanto vigorem os contratos de trabalho, a Ford não poderá suspender o pagamento dos salários e das licenças remuneradas dos trabalhadores.

Ainda segundo a liminar, a empresa também não pode praticar "assédio moral negocial, de apresentar ou oferecer propostas ou valores de forma individual aos trabalhadores, durante a negociação coletiva, devendo, caso seja do seu interesse, informar a coletividade das tratativas através de comunicados oficiais".

Em caso de descumprimento da liminar poderá ser aplicada uma multa de R$ 1 milhão por item descumprido, mais R$ 50 mil por trabalhador atingido.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.