13:18
Educação Educação

Ano letivo de 2020 vai terminar em julho de 2021 na Bahia

Aulas remotas começam em 15 de março em todo o estado

24/02/2021 22h37
400
Por: Redação Enews Fonte: Correio24horas
IMAGEM: REPRODUÇÃO
IMAGEM: REPRODUÇÃO

O ano letivo de 2020 está previsto para ser concluído até 30 de julho de 2021, ao menos essa é a estimativa da Secretaria Estadual da Educação com o início das aulas remotas no dia 15 de março. O titular da pasta, Jerônimo Rodrigues, realizou uma live nesta quarta-feira (24) para explicar os detalhes.

A matrícula dos estudantes que já fazem parte da rede estadual de ensino será automática, ou seja, não será preciso se dirigir às unidades escolares ou fazer qualquer tipo de atualização cadastral via internet. Para os estudantes que irão ingressar na rede estadual, uma pré-matrícula será realizada a partir do dia 15, também de forma virtual. Um calendário específico está em fase de elaboração e será divulgado em breve através de canais de comunicação em conjunto com as escolas, com a Secretaria e com a Ouvidoria.

Todos os estudantes da rede estadual farão a transição de uma série para outra de forma automática e gradual. A proposta é começar os primeiros meses com conteúdos de 2020 e, aos poucos, ir inserindo os assuntos de 2021, até que todo o material do ano passado seja esgotado em 30 de julho. A partir dessa data apenas o conteúdo de 2021 será trabalhado nas aulas até dezembro.

Os professores levantaram outras dúvidas durante a apresentação e o secretário informou que os detalhes da matrícula estão sendo finalizados e serão apresentados em breve. Um dos questionamentos foi em relação à defasagem de professores nas escolas. O secretário explicou que entre 2019 e o ano passado, 2,6 mil trabalhadores da educação se aposentaram e que essa questão já está sendo vista. Uma possibilidade é a convocação dos professores aprovados no último concurso, em 2017. 

O governo está trabalhando com o retorno apenas das aulas virtuais nesse primeiro momento. Os estudantes vão assistir a aulas gravadas através do Google e do Canal Educa Bahia, na TVE, e terão acesso a um material didático que inclui, além do livro, um caderno de apoio à aprendizagem elaborado pelo estado para esse momento. Serão seis dias de aula, de segunda a sábado.

 

Em seguida, haverá o ensino híbrido, com os alunos estando três dias em sala de aula e três dias em aulas remotas. A última etapa é o retorno definitivo para o presencial. Esses dois momentos dependem do cenário da pandemia e ainda não têm data para começar.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.