Esportes Novo reforço

Reforço do Palmeiras, Rony passou fome, foi pedreiro e quase jogou no Corinthians

Conheça a história do menino que dormia sobre papéis em uma casa de barro e acabou contratado por R$ 28 milhões pelo Verdão, onde faz primeiro treino nesta segunda

23/02/2020 17h58 Atualizada há 5 meses
218
Por: Redação Enews Fonte: Globo Esporte
Daniel Bins em ação no Campeonato Gáucho (Foto: Diego Guichard)
Daniel Bins em ação no Campeonato Gáucho (Foto: Diego Guichard)

A pressão de jogar no Palmeiras não deve tirar o sono de Rony. A trajetória do atacante de 24 anos foi marcada por desafios maiores do que aqueles oferecidos pelo futebol. Até se destacar no Athletico, Rony passou fome no extremo norte do Brasil, se virou em bicos como pedreiro e mototaxista e teve uma carreira com sobressaltos.

É uma história que começou em uma localidade chamada Vila Quadros, parte da zona rural de Magalhães Barata, cidade de menos de 10 mil habitantes no norte do Pará. Foi lá que Ronielson da Silva Barbosa, o Rony, cresceu. E com dificuldades.

Rony foi criado ao lado de quatro irmão e sem a presença do pai, que se separou da mãe quando o futuro jogador ainda era criança. Em parte da formação, ele foi cuidado pela avó, e a situação piorou quando ela morreu.

 

Rony chegou a passar fome. Ele morava em uma casa de barro e dormia em uma cama sem colchão. Sobre a madeira da cama que ele e os irmãos dividiam, eram colocados pedaços de papelão e restos de pano.

– Nossa infância foi muito difícil. Nascemos numa família humilde mesmo, numa casa de barro. Foi muita dificuldade, muito sofrimento. (...) Papai separou da mamãe, foi embora. Morávamos com nossos avós, mas nossa avó faleceu, e ficamos só com o vovô. Passamos muita fome – contou Robson, irmão de Rony, em um perfil sobre o jogador publicado pelo GloboEsporte.com no ano passado.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.