22:37
Dólar comercial R$ 5,55 0.01%
Euro R$ 6,68 -0.03%
Peso Argentino R$ 0,06 -0.06%
Bitcoin R$ 327.999,57 -1.387%
Bovespa 120.061,99 pontos -0.72%
Economia Auxílio Emergencial

Pagamentos do auxílio emergencial retornam na terça-feira (6)

Anúncio foi feito nesta quarta-feira (31) pelo ministro da Cidadania, João Roma

31/03/2021 15h12 Atualizada há 3 semanas
468
Por: Redação Enews Fonte: Bahia.ba
IMAGEM: REPRODUÇÃO
IMAGEM: REPRODUÇÃO

o lado do presidente Jair Bolsonaro, o ministro da Cidadania, João Roma, anunciou nesta quarta-feira (31) a volta do pagamento do auxílio emergencial, que acontecerá na próxima terça-feira (6).

Os pagamentos do novo lote do auxílio serão feitos em quatro parcelas: de abril a julho, e os beneficiários poderão consultar, a partir desta quinta-feira (1º) se receberão a nova rodada. O número de beneficiários em relação ao ano passado foi reduzido de mais de 65 milhões para 46,6 milhões de brasileiros.

Segundo o portal IG, Roma confirmou que os novos pagamentos do auxílio terão o valor médio de R$ 250, com diferenças para famílias comandadas por mulheres que criam filhos sozinhas, que receberão R$ 375, e para pessoas que moram sozinhas, que terão direito ao menor valor, R$ 150.

Em 2020, o auxílio emergencial começou em R$ 600 (R$ 1.200 para mães solteiras) e depois foi cortado pela metade, a R$ 300 (R$ 600 para mães chefes de famílias). Neste ano, o valor será ainda menor, embora a crise provocada pela pandemia tenha se agravado. A consulta do benefício será feita pela página da Dataprev. “A previsão informada pela Dataprev é de que o primeiro processamento será finalizado até o fim de março. Dessa forma, a estimativa é de que, a partir do dia 1º de abril, cada cidadão possa verificar o resultado no Portal de Consultas da Dataprev: https://consultaauxilio.dataprev.gov.br/consulta”, informa o Ministério da Cidadania em seu site.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.