08:32
Entretenimento Vítima de racismo

Filha de Pocah, de 5 anos, é vítima de racismo após desentendimento da mãe no BBB

As ofensas foram iniciadas após um desentendimento da funkeira com a paraibana Juliette Freire no último domingo (18)

20/04/2021 10h42
587
Por: Redação Enews Fonte: Bahia.Ba
imagem: Reprodução
imagem: Reprodução

O perfil oficial da cantora Pocah nas redes sociais expôs na última segunda-feira (19) uma situação delicada e criminosa envolvendo a filha da artista, a pequena Vitória de 5 anos.

De acordo com os administradores do perfil da funkeira, a garota está sendo vítima de racismo por parte de algumas torcidas do Big Brother Brasil. Nas ofensas expostas, os fãs foram identificados como parte da torcida da paraibana Juliette Freire.

As ofensas teriam tido início após o desentendimento entre as duas na noite da formação do paredão, do qual nenhuma das duas estão participando.

Entre os xingamentos direcionados à garota, fruto de um antigo relacionamento de Pocah com o MC Roba Cena, estão “macaca”, “cabelo duro” e “neguinha fedida”.

 

“Conseguiu ler tudo? Se você conseguiu ler a tudo isso sem chegar ao final com o estômago embrulhado e até certa vergonha de ser humano, pare aqui! Esse texto não é para você. É louco pensar que essas mensagens, direcionadas a uma criança de 5 anos, são motivadas exclusivamente porque a mãe dela resolveu… votar em um jogo de votação, né? O que está acontecendo no mundo? O que está acontecendo com as pessoas? Racismo! Crime! Um crime sendo cometido sob os nossos olhos por contrariar os gostos de um público de reality show”.

O noivo da cantora, Ronan Souza, anunciou em suas redes sociais que identificou o endereço de 4 internautas que estavam praticando o racismo contra a enteada. “Vocês que foram no perfil da vitória falar merda para uma CRIANÇA, joga o chip fora, já achei 4 de vocês. João Pessoa, Florianópolis e 2 do Rio. Jaja tem uma surpresinha”, escreveu ele em seu Twitter.

O perfil da paraibana Juliette Freire se pronunciou sobre os ataques repudiando a ação. Segundo os administradores, alguns internautas se passaram por fãs da maquiadora para tentar queimar a participante no jogo.

“Isso é um jogo, existem limites. Atacar a filha de Pocah é um absurdo. Nós já temos todos os prints de torcida alheia se passando por cacto pra cometer essas atrocidades racistas. Um show de horrores que passa em muito todos os limites. Cactos que fazem isso também têm o nosso repúdio”.

Famosos saíram em defesa de Pocah e da pequena Vitória, como Kelly Key, Cleo, Livia Andrade, Ana Vilela, Lia Clark, e a ex-BBB Sarah Andrade, que dentro do jogo tinha a funkeira como desafeto. “Vitória é perfeita!!! Menina linda e do coração lindo!!! ❤️ Merece respeito!!! @pocah tô contigo!!! Não da nem pra acreditar que existem pessoas com sentimentos tão podres como esse”, escreveu a brasiliense.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.