Polícia BAHIA

Feminicídios crescem em 150% na Bahia em maio; pedidos de medida protetiva caíram

Nesse período de isolamento social, as Delegacias de Atendimento á Mulher (Deam) registraram uma diminuição brusca em todos os tipos de ocorrências

29/06/2020 09h32 Atualizada há 1 semana
143
Por: Redação Enews Fonte: PNotícias
Imagem arquivo - Esplanada News
Imagem arquivo - Esplanada News

O número de casos de feminicídio cresceu em 150% na Bahia, em relação a maio do ano passado, 2019. Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), entre os dias 1º e 31, foram registrados 15 feminicídios, contra seis em 2019.

Dos 15 casos, três foram na capital baiana, Salvador, e os outros 12 foram em cidades do interior da Bahia. As vítimas eram jovens com idade entre 21 e 27 anos.

Nesse período de isolamento social, as Delegacias de Atendimento á Mulher (Deam) registraram uma diminuição brusca em todos os tipos de ocorrências. De acordo com as Deams, em 2019 foram registradas 14 tentativas de feminicídio. Já neste ano, foram registradas apenas seis. Ainda em comparação com o ano de 2019, a redução de denúncias por lesão corporal foi de 33,1%: 1.418 queixas registradas no ano passado, contra 948 neste ano. As ocorrências por ameaça também caíram um percentual de queda de 53,2%, sendo 2.893 em 2019 e 1.353 em 2020.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.