17:09
Esplanada e região Região

Corpos de explosão são identificados por papiloscopia em Crisopolis

Esse casal desaparecido foi encontrado sem vida pela equipe de resgate do corpo de bombeiros

30/04/2021 18h47 Atualizada há 7 dias
724
Por: Redação Enews Fonte: Fonte: Perícia Papiloscópica Avançada Baiana.
imagem: Reprodução
imagem: Reprodução

 

Nesta sexta-feira (30), fazem 8 dias da entrega dos corpos vítimas da grande explosão  ocorrida  no Município de Crisópolis na Bahia. O ocorrido atingiu várias residências da mesma localidade, deixando apenas escombros de três residências, todas da mesma família,  em que moradores revelaram que ali  havia um histórico de fabricação  de fogos de artifício. Evento que deixou  toda a região  impactada , por ter havido  um desastre daquela magnitude   em uma cidade  até então tranqüila, de vida serena e sem vultosas ocorrências.

Os noticiários deram conta ainda de que  três pessoas foram resgatadas dos escombros , uma adolescente filha de um casal inicialmente desaparecido estava em estado  grave e fora socorrida ao hospital da capital do  Estado.

Esse casal desaparecido  foi encontrado  sem vida  pela equipe de resgate do  corpo de bombeiros , bem como  partes espalhadas do  seus corpos.

O Sindpep vem noticiar que o  Departamento de Polícia Técnica de Alagoinhas através da Perita Técnica Papiloscopista, Clarissa  Gomes que ficou responsável pela identificação dos corpos feita através da Perícia Necropapiloscópica e contando com o apoio de vários colegas e ainda  da CIPAP  situada no Instituto Pedro Mello em Salvador, coordenação que ressaltamos, presta um serviço  brilhante e sobretudo eficiente, conseguiu com êxito identificar os corpos através dos restos de suas papilas dérmicas ainda que incendiadas e evitou desta forma um exame mais demorado através do DNA, entregando o corpo de Ebervan Reis e de Fernanda Santana para as famílias e minimizando aquele sofrimento que já se estendera profundamente no seio de seus entes e também da sociedade. “Em casos importantes com esse não  medimos esforços para responder a contento  à sociedade com nossos serviços sobretudo  nestas causas envolvendo mortes que sabemos haver uma dor  na perda de entes e que a emoção  para família é o fator mais preponderante”  ressalta a perita Clarissa Gomes.

Ressalta-se ainda o papel fundamental  das equipes envolvidas de toda a polícia e Defesa Civil para  dar alento a essa sociedade, um comprometimento inestimável da Coordenação  da 2º Coorpin através do  Coordenador Delegado, Fábio Santos da Silva, que desceu imediatamente para o local a fim de realizar as primeiras diligências com toda a sua equipe da Polícia Civil, na seqüência a Perícia  com equipe da CRPT de Alagoinhas pôde realizar seus trabalhos de local dando continuidade às investigações sobre a causa do  evento, bem como  a realização  do exame de necropsia realizado  neste mesmo departamento através do  Perito  Médico  Legal. Também havendo participação essencial e efetiva   das Equipes de Salvamento  do  Corpo de Bombeiros , da  Polícia Militar e dos órgãos municipais.

Uma rede de profissionais que entram em cena para averiguar,  se doar e dar respostas e conforto  à sociedade e minimizando os prejuízos e os efeitos destes momentos de desastre que surpreende a todos.

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.