23:22
Esplanada e região Luta Antimanicomial

Diretor do Caps de Esplanada lança vídeo com atores locais abordando tema importante

O dia 18 de maio marca o Dia Nacional de Luta Antimanicomial

18/05/2021 20h39 Atualizada há 3 semanas
1.086
Por: Redação Enews Fonte: Redação Esplanada News
Imagem: Reprodução YouTube
Imagem: Reprodução YouTube

O diretor do Centro de atenção psicossocial de Esplanada - CAPS - Ronaldo Alencar, divulgou nesta terça-feira, dia 18, um vídeo produzido com atores de Esplanada para marcar o Dia da Luta Antimanicomial.  

Fizeram parte do curta metragem os atores Fabrício Pimenta, José Carlos Bandeira, João Matos e os coadjuvantes Deivison, Erisnalda e Naiara.

O curta teve como enredo a situação vivida por pessoas com distúrbios mentais nos manicômios para onde eram enviados pelas famílias. 

O dia 18 de maio marca o Dia Nacional de Luta Antimanicomial. A data surgiu na década de 1980 em referência à I Conferência Nacional de Saúde Mental, que pautava a necessidade de uma reforma psiquiátrica no Brasil.

A proposta do vídeo é promover uma reflexão e discussão sobre a humanização X desumanização no tratamento das pessoas com problemas mentais e trazer à tona a História do “Hospital Psiquiátrico Colônia Barbacena”, em

Minas Gerais, que abrigou milhares de pessoas durante décadas (até os anos 80), dando um tratamento desumano e cruel não apenas a pessoas com distúrbios mentais, mas a todas as pessoas que não eram “bem vistas” pela sociedade da época. Eletrochoque era apenas um dos terríveis tratamentos utilizados nos internos. Foram mais de 60 mil mortos e é uma parte triste da nossa história chamada de “Holocausto Brasileiro”, título do livro de Daniela Arbex.

Além do livro, foi utilizado também como fonte  o documentário “Holocausto Brasileiro”, uma produção de Alessandro Arbex, pela Vagalume Filmes e patrocínio da Ancine.

Ronaldo realizou uma live nesta terça-feira com diversos representantes de outras unidades de tratamento falando sobre a importância desse movimento. 

Desde 2020, com o início da pandemia, o movimento tem buscado outras maneiras de continuar se mobilizando. 

O curta-metragem de 12 minutos tem cenas bem emocionantes e interpretações belíssimas dos atores. A produção foi organizada pelo próprio Ronaldo Alencar e direção do secretário de Cultura e Turismo de Esplanada , Fabrício Pimenta. 

A captação das imagens e edição ficou a cargo da Diasplay Comunicação Audiovisual. 

Confira: 

 

2 comentários
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.