23:09
Bahia Operação

Delegado e investigador baianos suspeitos de ligação com cultivadores de maconha são alvos de operação

De acordo com o corregedor-geral da SSP, Nelson Pires, foram apreendidas armas de fogo, celulares e documentos referentes à aquisição de imóveis e outros bens

02/06/2021 14h24
422
Por: Redação Enews Fonte: Aratu on.com.br
Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução

Um investigador foi detido e um delegado foi afastado do cargo durante uma nova fase de uma operação batizada de "Casmurro", deflagrada nesta quarta-feira (2/6). A ação, que envolve a Secretaria de Segurança Pública (SSP) e o Ministério Público, através de uma força tarefa, investiga grupos de extorção dentro da polícia baiana.

Os cinco mandados de busca e apreensão e um de prisão temporária foram cumpridos nos municípios de Seabra e Cachoeira. Segundo a SSP, a nova fase tem o objetivo apurar a participação de policiais civis nos crimes de tráfico de drogas e associação, lavagem de dinheiro, fraude processual, entre outros delitos.

De acordo com o corregedor-geral da SSP, Nelson Pires, foram apreendidas armas de fogo, celulares e documentos referentes à aquisição de imóveis e outros bens. A pasta não especificou o que era do invetigador e o que pertecia ao delegado. Os nomes dos suspeitos não foram divulgados pela polícia da Bahia. 

O material recolhido durante as buscas será analisado para verificar a existência de vínculos entre os servidores e traficantes que cultivavam maconha na região. A segunda fase contou com a participação de cerca de 40 policiais.

A primeira parte da operação, ocorrida em abril, cumpriu mandados contra três policiais civis e um homem, não-policial, que é suspeito de também integrar o grupo criminoso.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.