03:51
Bahia Envenenamento

Idoso é acusado de matar mais de 20 cachorros por envenenamento na Bahia

Caso aconteceu em povoado próximo a Luís Eduardo Magalhães, no oeste do Estado

14/06/2021 23h24 Atualizada há 1 mês
294
Por: Vinícius Moraes Fonte: Correio24horas
Idoso foi ouvido em delegacia e liberado; cachorros estavam em casa e tinham donos em sua maioria (Foto: ONG Vida Bixo)
Idoso foi ouvido em delegacia e liberado; cachorros estavam em casa e tinham donos em sua maioria (Foto: ONG Vida Bixo)

Um idoso de 68 anos é acusado de envenenar e matar mais de 20 cachorros no povoado de Novo Paraná, a 32km de Luís Eduardo Magalhães, no Norte da Bahia. A quantidade gigantesca de animais morreu nas últimas 24h. Moradores locais alegam que a prática é comum na região.

Procurada, a Polícia Civil afirmou em nota que o homem foi conduzido para a Delegacia Territorial (DT) de Luís Eduardo Magalhães, onde foi ouvido e liberado. Além disso, a polícia colheu depoimentos de testemunhas e instaurou um inquérito para apurar os fatos.

Titular da delegacia, Leonardo Mendes afirmou que houve uma situação semelhante há pouco tempo, quando vários animais foram envenenados no mesmo povoado - cachorros, em sua maioria. 

Fundadora da ONG Vida Bixo e vereadora do Município, Sandra Regina afirmou que está acompanhando o caso e as investigações. A vereadora lamentou o comportamento humano e falou que todos os animais estavam em casa quando foram envenenados. 

"Precisamos que os fatos sejam esclarecidos, queremos saber o porquê de fazerem isso com animais inocentes", afirmou a vereadora.

 

Ao portal G1 Bahia, uma estudante que é moradora do povoado afirmou que é preciso colocar um basta na situação, que é recorrente no local, que tem pouco mais de 2 mil moradores.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.