04:41
Esportes Esporte

Próximo rival do Bahia, Flamengo vence a Chapecoense na Série A

Tricolor encara o rubro-negro no próximo domingo

12/07/2021 13h58 Atualizada há 3 semanas
96
Por: Redação Enews Fonte: Correio24horas
Michael comemora o gol marcado no Maracanã (Alexandre Vidal/ Flamengo)
Michael comemora o gol marcado no Maracanã (Alexandre Vidal/ Flamengo)

Sob os olhares de Renato Gaúcho, o Flamengo voltou a vencer no Campeonato Brasileiro na noite deste domingo (11), quando passou pela Chapecoense, de virada, por 2x1, no Maracanã, pela 11ª rodada. Os gols da partida foram marcados por Perotti, Arrascaeta e Michael, todos no segundo tempo.

Anunciado como substituto de Rogério Ceni no sábado à tarde, Renato Gaúcho esteve em um dos camarotes do Maracanã acompanhando a partida. Ao seu lado estiveram o presidente Rodolfo Landim, o executivo Marcos Braz e outros membros da diretoria. O time foi dirigido pelo interino Maurício Souza.

O resultado positivo encerra uma sequência de dois jogos sem vitória do Flamengo no Brasileirão. Agora o rubro-negro chegou aos 15 pontos e assumiu a nona colocação, mesmo com dois jogos a menos 9 a 11. A Chapecoense, por sua vez, segue sem vencer e aparece em penúltimo lugar com apenas quatro pontos.

Como esperado, o Flamengo teve maior posse de bola e ficou mais tempo no campo ofensivo diante da Chapecoense. Contudo, mais uma vez o time carioca não conseguiu traduzir isso em imposições e chances claras de gol, facilitando o trabalho da defesa mais vazada do Brasileirão.

A Chapecoense, cautelosa, apostou nos contra-ataques e em lances isolados para surpreender no Maracanã. E isso quase aconteceu aos 30 minutos, quando Anselmo Ramon tocou para Fabinho, que ficou cara a cara com Diego Alves. O atacante finalizou, mas o camisa 1 fez linda defesa.

 

Para não dizer que o Flamengo não tentou, aos 33 minutos a defesa da Chapecoense falhou na entrada da área e o volante Thiago Maia, com a perna esquerda, finalizou por cima do travessão do goleiro João Paulo. Everton Ribeiro também finalizou aos 35, mas também sem direção à meta adversária.

No segundo tempo, mesmo sem a intensidade que o torcedor espera ver, o time carioca melhorou e esteve mais próximo de marcar. Aos 13, Everton Ribeiro foi até a linha de fundo, cruzou e Pedro cabeceou para ótima defesa de João Paulo.

Só que foi a Chapecoense quem abriu o placar. Aos 21 minutos, Busanello cobrou falta de longe, Diego Alves não conseguiu segurar e Perotti, que estava a apenas quatro minutos em campo, apenas empurrou para as redes. Lance em que o goleiro flamenguista subestimou a cobrança adversária.

 

O gol despertou o Flamengo, que foi para o tudo ou nada e conseguiu a virada em quatro minutos. Aos 32, Pedro errou o domínio da bola, mas Arrascaeta pegou a sobra e finalizou no canto esquerdo. Pegou o goleiro no contrapé para empatar. Depois, aos 36 minutos, Michael invadiu a área, passou por três marcadores, pelo goleiro e fez um golaço, dando números finais no Maracanã.

O Flamengo agora muda o foco para a Copa Libertadores, já que na quarta-feira irá à Argentina enfrentar o Defensa y Justicia, pelo confronto de ida das oitavas de final. Será o primeiro jogo sob o comando de Renato Gaúcho. Pelo Brasileirão, o Flamengo jogará no domingo, dia 18, quando visitará o Bahia, às 18h15, em Pituaçu. Já a Chapecoense, no mesmo dia, mas às 11 horas, receberá o Cuiabá, na Arena Condá, em Chapecó (SC)

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.