21:22
Esplanada e região Meio Ambiente

Esplanada: reservas naturais da Bracell são reconhecidas pela preservação da fauna e flora

A coordenadora de Meio Ambiente e Certificações da Bracell, Meryellen Oliveira, destaca a importância dessas áreas naturais

02/09/2021 23h38 Atualizada há 2 semanas
489
Por: Redação Enews Fonte: A tarde
Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução

O Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA) reconheceu Japurá, com uma área de 534,2476 hectares, e Falcão, com 937,3177, como Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs), pertencentes à empresa Bracell. Esta última é o maior espaço natural privado reconhecido pela gestão baiana. Localizadas no município de Esplanada, as reservas são consideradas importantes espaços de preservação da fauna e da flora silvestres.

A coordenadora de Meio Ambiente e Certificações da Bracell, Meryellen Oliveira, destaca a importância dessas áreas naturais para a preservação do meio ambiente, principalmente por elas estarem em áreas de mata atlântica e do bioma caatinga. “A empresa está em uma área rica em biodiversidade e conservá-la faz parte de nossas políticas de sustentabilidade e preservação do meio ambiente”, explica ela, ressaltando que as reservas têm grande relevância para a produção de dados científicos.

Além dessas duas reservas, a empresa de celuloso pertendente ao grupo RGE tem outras duas RPPNs aprovadas pela União, por meio do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), sendo uma delas a Reserva da Lontra, maior área de conservação privada do Litoral Norte baiano, com 1.377 hectares. A outra é a Pedra de São José, no município de Mata de São João.

A Bracell tem mais oito RPPNs aguardando reconhecimento pelo Estado. São elas: Lua Alta (605 hectares) e Jaboticaba (198 ha), no município do Conde; Subaumirim Gleba A (1.607 ha), Subaumirim Gleba B (107 ha), Subaumirim Gleba C (632 ha) e Cachoeira (529ha), em Entre Rios; e Raiz Gleba A (678 ha) e Raiz Gleba B (731 ha), em Água Fria.

Ao todo, a companhia preserva em terrotório baiano, aproximadamente, 40% do total da vegetação nativa em suas propriedades, o que equivale a uma área de quase 61 mil campos de futebol.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.