Bahia Ford

Por 90 dias, Ford Camaçari suspende contrato de trabalhadores que atuam na Bahia

Do total de funcionários que terão contrato de trabalho suspenso temporariamente (layoff), mil são metalúrgicos

17/07/2020 19h50
344
Por: Redação Enews Fonte: Bahia.ba
IMAGEM: REPRODUÇÃO
IMAGEM: REPRODUÇÃO

A empresa multinacional Ford suspendeu temporariamente o contrato de funcionários do complexo de Camaçari, na região metropolitana de Salvador. A medida, também conhecida como layoff, é válida por 90 dias.

Ação ocorre durante o atual período de pandemia do novo coronavírus. Do total de funcionários que terão contrato de trabalho suspenso, mil são metalúrgicos, enquanto os demais atuam no setor de autopeças de empresas terceirizadas.

Em nota, a Ford disse que a suspensão do contrato afeta mil funcionários, mas não especificou os setores. “Com o objetivo de adequar o volume de produção à menor demanda do consumidor nessa situação sem precedentes, a Ford irá suspender temporariamente o contrato de trabalho de 1.000 empregados ligados à produção da Fábrica de Camaçari”, diz o documento, que destaca que a medida vale entre 1º de agosto a 31 de outubro de 2020.

Enquanto a medida estiver em vigor, os metalúrgicos vão receber 100% do salário. Uma parte do valor será paga pelo governo federal e outra pela empresa.

Por conta de um acordo coletivo assinado antes da pandemia, esses trabalhadores não poderão ser demitidos por um período de quatro anos, de acordo com O Sindicato dos Metalúrgicos, diferente do que tem acontecido em outros estados.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.