Esplanada e região Região

Criança de 5 anos é baleada na cidade de Conde; vítima foi transferida de helicóptero para hospital de Salvador

Segundo a PM, a vítima, que não teve sexo e nem identidade revelados, foi resgatada por uma equipe do Graer, na BA-099

25/09/2020 05h20 Atualizada há 4 semanas
6.970
Por: Redação Enews Fonte: G1-BA
IMAGEM: REPRODUÇÃO
IMAGEM: REPRODUÇÃO

Uma criança de 5 anos foi baleada na cidade de Conde, que fica no litoral norte da Bahia, nesta quinta-feira (24). Ainda não há informações sobre as circunstâncias do ocorrido e nem em qual região do corpo a vítima foi atingida.

Inicialmente, a criança foi levada para o Hospital Municipal de Conde, que fica a cerca de 160 km da capital baiana. Em seguida, segundo a Polícia Militar, a vítima foi trazida por um helicóptero do Grupamento Aéreo da PM (Graer) para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador.

Ainda de acordo com a PM, o serviço aeromédico do Graer foi acionado por volta das 12h pela Central do Samu de Camaçari, cidade que fica na região metropolitana de Salvador. A Polícia Militar informou que, quando o tripulante operacional do Graer fazia a coleta de dados do paciente, a criança foi colocada em uma ambulância do hospital da cidade, que começou a fazer a transferência pela estrada.

Segundo a PM, a vítima, que não teve sexo e nem identidade revelados, foi resgatada por uma equipe do Graer, na BA-099, na região de Barra de Pojuca. A viagem de ambulância duraria cerca de 2h. Com o apoio da aeronave, o trajeto foi feito em 15 minutos.

O helicóptero do Graer pousou no heliponto do Departamento de Polícia Técnica (DPT), onde uma ambulância do Samu já aguardava o paciente para levá-lo ao HGE. Não há detalhes do estado de saúde da criança. A Polícia Civil vai investigar o caso.

1 comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.