Polícia Violência

Fim de semana com cinco homicídios em Feira de Santana

Por volta das 19h45 de domingo (27), um homem foi assassinado na Rua Ibiapina

28/09/2020 11h10
191
Por: Redação Enews Fonte: Acorda Cidade
Imagem: Reprodução
Imagem: Reprodução

Cinco pessoas foram assassinadas a tiros no fim de semana em Feira de Santana elevando para 25 o total de homicídios registrados no município só neste mês, e para 279 no ano.

Por volta das 19h45 de domingo (27), um homem foi assassinado na Rua Ibiapina no loteamento Mirassol, bairro Mangabeira. A vítima, que foi atingida nas costas, pescoço e braços, não portava documentos pessoais, mas familiares afirmaram para a polícia que trata-se de Paulo Vitor Santos Conceição. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) aguarda o reconhecimento oficial por meio de documentos.

Mangabeira

Ainda no domingo, por volta das 15h no residencial Iguatemi III, também no bairro Mangabeira, foi assassinado Joarlys Brito Araújo, 21 anos, cabeleireiro, morador do mesmo residencial. Segundo informações da polícia, durante os disparos, a namorada dele, Karine de Souza Novais foi atingida na nuca e nas pernas. Ela foi socorrida para uma policlínica, mas devido à gravidade dos ferimentos, foi transferida para o Hospital Geral Clériston Andrade. Joarlys foi baleado nas costas, nádegas, pescoço, braços e nuca. Ainda segundo a polícia, foram utilizadas pistolas calibre .40 e .380 e encontradas diversas cápsulas no local.

Gabriela

No sábado (26), por volta das 17h25 na Rua José Marcone, no bairro da Gabriela, um homem foi assassinado com tiros na barriga, tórax, cabeça e costas. A vítima não portava documentos pessoais e até o momento não foi identificada. Segundo moradores, dois homens em uma motocicleta Bros teriam sido os autores.

Asa Branca

Também sábado, na policlínica do conjunto George Américo morreu, vítima de tiros no tórax, o técnico em refrigeração, Weslley Freitas Ribeiro, 29 anos, que morava na Estrada do Besouro, no bairro Asa Branca. Segundo informações, ele foi assassinado na mesma rua onde morava. O levantamento cadavérico foi feito pelo Delegado André Ribeiro às 18h45.

Papagaio

E à noite morreu no Hospital Geral Clériston Andrade, um homem identificado apenas como Renildo. Ele não portava documentos pessoais. Renildo estava na Rua Josias Sampaio Rodrigues, no bairro Papagaio, próximo ao Clube Adelba, quando foi baleado no tórax e socorrido em uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) com mais dois homens que também foram baleados. Moradores disseram que os autores estavam em um veículo, mas não sabiam as características. Até o momento a autoria e o motivo do crime são desconhecidos. Não há informações sobre o estado de saúde dos homens que ficaram feridos.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.